Início » Blog Comportamento Animal e Adestramento de Cães Ethos Animal » policial

Tag: policial

agressividade em cães pode levar a acidentes

Aprender a linguagem canina pode evitar acidentes com cães

Você realmente sabe qual a importância de saber ler os comportamentos de seu cão?

É de grande importância conhecer claramente a linguagem canina, especialmente quem lida diariamente com cães.

Qualquer ação de um animal é total responsabilidade do condutor / dono, que pode responder legalmente um processo por lesão corporal a terceiros.

Se você é proprietário de um cão, seja um poodle ou um pit bull – não importa a raça nem o porte do animal – saiba que poderá ser processado e até mesmo ir para a cadeia caso seu animal morda alguém na rua, ou mesmo através do portão de sua casa.

No vídeo a seguir, o policial poderia ter evitado um acidente se tivesse o devido treinamento e soubesse antecipar as ações do cão com base em sinais corporais típicos da linguagem canina.

Pode-se observar claramente no vídeo que o cão demonstra desconforto com a proximidade demasiada do repórter e lambe o focinho diversas vezes antes de atacá-lo. Estas lambidas são, neste contexto, uma advertência ao repórter. O cão quer dizer com isso que, caso o repórter persista ele o morderá…

E você? Já teve algum problema com agressividade em cães? Conte para nós deixando seu comentário abaixo!

Policial vira homem mais desejado da Suécia após encontrar cão perdido

Policial-que-achou-cão
Foto: Reprodução Daily Mail

A gente sempre soube disso. Humano macho com criança ou cachorro vira chamariz de mulherada.

O policial Henrik Ruonala, da Suécia, achou o Yorkshire no subúrbio de Estocolmo, recolheu o cão perdido e postou uma foto no Facebook carregando o bicho.

O cão perdido achou seu dono. Mas o lucro dele foi bem além disso.

O cara virou o mais paquerado na Suécia. 25 mil visualizaram a foto, 2 mil compartilharam e e 1.700 mulheres escreveram para ele.

Entre os comentários estão convites para jantar, para encontros, elogios aos dois animais, até que uma mais ousada finaliza:

—É guerra agora senhoras, o homem de uniforme é meu.

Fonte: Daily Mail, 23/10/2012