Início » Blog Comportamento Animal e Adestramento de Cães Ethos Animal » Cuidados e prevenção de acidentes com cães e gatos nas festas de final de ano – Natal e Ano Novo (Reveillon)

Cuidados e prevenção de acidentes com cães e gatos nas festas de final de ano – Natal e Ano Novo (Reveillon)

.

Se as festas de Natal e ano-novo são motivos de alegria para muitos, para cães e gatos essa época pode ser traumática. Fogos de artifício, grande número de visitas em casa e alimentos natalinos ameaçam o sossego e a saúde dos bichos de estimação. Mas algumas dicas de como cuidar de seu animalzinho ajudam a prevenir problemas. “Os donos precisam ser proativos e se programar com seus animais muito antes da noite de Natal”, afirma Dan Wroblewski, médico veterinário formado pela Unifenas e campeão brasileiro de Agility.

Com a rotina completamente modificada durante as festas, os animais podem ficar agressivos. Um caminho para acalmá-los é a utilização de medicamentos específicos para eles. “Há ansiolíticos, fitoterápicos e diversos remédios que veterinários podem recomendar, dependendo do animal”, explica Dan.

Mas saiba que não adianta ir ao veterinário na véspera de Natal à procura de um milagre. “Há medicamentos que não funcionam de um dia para o outro, pois requerem um tratamento antecipado. O veterinário precisa de tempo para detectar o medo do animal”, esclarece Dan.

.

Casa cheia

.
Para que o animal se acostume com a presença de estranhos, é preciso de tempo e paciência. Se eles não estiveram habituados com a presença de outras pessoas, não será de repente que tudo ficará bem. “As pessoas deveriam socializar os animais desde filhotes”, afirma Dan.

“Se o animal não estiver acostumado com outras pessoas que podem visitar a casa, o melhor é que ele seja colocado em algum local mais tranquilo, aonde vai se sentir bem”, diz o veterinário. Outra recomendação é que o animal não seja preso por coleira, pois ele pode se assustar com os barulhos e acabar se machucando.

 .

Fogos de artifício

.
O principal barulho que costuma tirar a calma de cães e gatos são os de fogos de artifício. “É possível comprar CDs com sons de fogos de artifício para acostumar os animais desde cedo com esse barulho”, sugere Dan.

O ideal seria colocar para tocar baixinho e aumentar gradativamente esses CDs durante momentos prazerosos dos animais, como a hora da comida. Assim, eles não irão associar os fogos com algo negativo. No dia de Natal, também é recomendado colocar os sons para tocar desde cedo para acostumar os animais.

 .

Sugestões de procedimentos preventivos e atenuantes do stress provocado por fogos de artifício aos animais de estimação

 .

Comemorações com fogos de artifício são traumáticas para os animais, cuja audição é mais acurada que a humana. Muitos da fauna silvestre morrem e sofrem alterações do seu ciclo reprodutor. Os cães latem em desespero e enforcam-se nas correntes. Eles e os gatos têm taquicardia, salivação, tremores, medo de morrer, e escondem-se em locais minúsculos, fogem para nunca mais serem encontrados, provocam acidentes nas vias públicas e são vítimas de atropelamento.  Há animais que, pelo trauma, mudam de temperamento e chegam até ao suicídio.

.

Adotando alguns procedimentos simples, pode-se diminuir o sofrimento deles:

.

  •  procure um veterinário para sedar os animais, no caso de cães muito agitados;
  • evite acorrentá-los, pois poderão enforcar-se
  • acomode-os em um cômodo dentro da casa onde possa mantê-los em segurança, fechando as portas e janelas, bem como proporcionando iluminação suave
  • evite deixar muitos cães juntos pois, excitados pelo barulho, podem brigar até à morte
  • dê alimentos leves, pois distúrbios estomacais provocados pelo pânico levam à morte
  • identifique seus animais com placas na coleira, para o caso de fuga
  • tente colocar tampões de algodão nos ouvidos deles
  • estenda cobertores nas janelas e no chão, para abafar o som. Cubra-os com um edredon;
  • deixe o guarda-roupas aberto, mas prepare-se porque eles poderão urinar, por medo
  • coloque-os próximos a rádios ou TV ligados e vá aumentando o volume, antes dos fogos;
  • cubra as gaiolas dos pássaros
  • Florais de Bach: rescue + cherry plum + rock rose + mimulus + vervain + sweet chestnut (*)

.

Estas essências, combinadas, funcionam bem para cães, gatos, aves e eqüinos. Mande preparar em farmácia de manipulação ou homeopática, SEM conservantes

(ÁLCOOL, GLICERINA e similares), e guarde-a na geladeira (dura todo o vidro, independente do que digam)

Dê 4 vezes ao dia, diretamente na boca do animal: 2 gotas para pequenas aves; 4 gotas para gatos e cães de pequeno e médio porte; 6 gotas para cães de grande porte.

Para eqüinos, coloque 30 gotas no bebedouro, 4 vezes ao dia.
Comece a ministrar o Floral 2 ou 3 dias antes das comemorações e continue por uma semana após.

( * ) receita da Drª. Martha Follainmfollain@terra.com.br http://www.floraisecia.com.br/

.

Ceia especial

.
O jantar de Natal é uma perdição, mas nada de dar um pedacinho de pernil ou o restinho de tender para os cães e gatos, pois essas comidas podem ser extremamente perigosas para eles. “A flora intestinal dos animais não está acostumada com ingredientes mais pesadas e isso pode provocar diarreia e até problemas mais sérios”, alerta o veterinário.

É possível, no entanto, montar uma ceia especial para os animais, com snacks próprios para bichos e até mesmo alimentos sem condimentos, como peito de peru e fígado fervidos. “Mas atenção: esses alimentos diferentes devem representar apenas 10% da quantidade de comida que eles ingerem diariamente”, afirma.

.

Hotelzinho

.
Caso os donos optem por colocar os pets em hoteizinhos nas festas de fim de ano e durante uma viagem, a atenção deve ser redobrada. “O mais importante é que o dono conheça exatamente o hotel. Ele vai ficar enjaulado? Vai ter contato com outros animais? Vai haver recreação?”, alerta Dan.

Para evitar que o bichinho fique muito estressado na hora da separação de seu dono, Dan também dá outra importante dica. “Leve um fim de semana antes o animal para o hotel e passe uma tarde com ele. Experimente também deixá-lo uma noite qualquer no local. Assim, ele já estará adaptado no período das festas de fim de ano”, finaliza Dan Wroblewski.

Cross Content
Especial para o Terra

9 comments

  1. Adoraria ver a responsabilidade das pessoas . Na Itália em várias cidades já é proibido soltar fogos. Não só os cães , mas idosos e crianças sofrem com a irresponsabilidades de pessoas que passam a noite toda soltando fogos.

  2. E como se não bastasse o stress para cães, gatos, crianças e idosos, ainda temos que milhares de aves e animais silvestres simplesmente MORREM POR ATAQUE CARDÍACO por conta do barulho excessivo e pânico gerado pelos fogos de artifício…. lamentável. 🙁

  3. Sheila Lima says:

    Eu q o diga meu Lucky fica em pânico qndo escuta os barulhos ele fica procurando algum lugar pra se esconder eu fico com meu coração partido por causa a única coisa q consigo fazer por ele é ficar bem agarradinha com ele

  4. Oi, Sheila! Quando o medo das situações já se encontra instalado, uma das recomendações é evitar super proteção, ou seja, aja com naturalidade e não demonstre que você está preocupada demais com ele, ok? Tente transmitir segurança e confiança para ele, assim, ele irá se sentir menos amedrontado (isso significa evitar ficar com o cão no colo, pois os cães, ao contrário das crianças humanas, se sentem mais inseguros ainda quando são contidos no colo). Espero que tenham um excelente Ano Novo! Bjs. 🙂

  5. Olá, Dartanhan! De fato, seu video é bastante instrutivo, obrigada por compartilhar conosco!
    Mas a intenção deste artigo é justamente dar algum suporte àqueles que já estão com quadros de medo instalados, pois não tiveram a exposição adequada na fase de imprinting quando filhotes. Sabemos o quanto é importante ao cão ser exposto ao maior número e diversidade possível de situações para que cresça e se desenvolva como um animal equilibrado emocionalmente. Se o animal já está com o problema, então o correto seria tratá-lo através da Terapia Comportamental, mas, certamente não será possível extinguir o medo em alguns dias apenas. Por isso as recomendações de emergência colocadas aqui. Para que ao menos passem com o mínimo possível de stress o período da queima de fogos na virada do ano. Obrigada por participar conosco! Bom Ano Novo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *