Início » Blog Comportamento Animal e Adestramento de Cães Ethos Animal » Ansiedade em cães: um mal com muitas causas e um remédio

Ansiedade em Cães por Separação Stress e falta de exercício físico

Ansiedade em cães: um mal com muitas causas e um remédio

Veja como ajudar seu amigo peludo a se manter “sob controle”.

 

 

A ansiedade é um dos grandes problemas que a maioria dos donos de pets enfrenta no dia-a-dia.

Pode se agravar e, em alguns casos, desencadear quadros de Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC). Isso, se o animal já apresentar predisposição genética para tal.

Mas o mais comum é que o cão exiba comportamentos muitas vezes erroneamente classificados como “hiperativos”, como correr, pular nas pessoas, roer objetos inapropriados, latir demasiadamente, etc.

 

Evento exclusivo: Palestra Ansiedade em Cães e Gatos: Causas, Prevenção e Tratamentos. Mais detalhes clique AQUI.

O animal ansioso não consegue ter controle sobre o seu “querer”. Ele quer que as coisas aconteçam no momento em que deseja, mas a vida não é assim, e ele se vê frustrado quando as pessoas não lhe dão atenção ou não brincam com ele na hora em que ele quer…

Esta frustração se manifesta de formas diferentes, dependendo do caso, com variações individuais, que vão desde latir demais, passando por destruir objetos e móveis, até a agressividade.

Existem diversos exercícios que ajudam a reduzir os sintomas de ansiedade em seu cão. Este pequeno vídeo (desculpem a qualidade das imagens – vídeo antigo) apresenta um deles, que deve ser aplicado diariamente, de preferência em todas as interações com o animal para que ele aprenda a “esperar” quando deseja algo.

E você, como lida com a ansiedade de seu amigo peludo?

Helena Truksa | Bióloga

Ethos Animal 

 

 

27 comments

  1. rejane tirolle says:

    Por favor preciso de ajuda urgente tenho um caozinho de 8 meses que quando saio de casa seja para trabalhar ou qualquer outra coisa fica muito nervoso,late,uiva,acoa,chora desesperadamente chegando ao ponto de o dono da casa ja ter me pedido para sair da casa porque ele incomoda demais.Spu muito apegada ao meu cachorrinho e nao quero me desfazer dele nem mudar de casa,pois para onde eu va vai ser do mesmo jeito.O que eu faco?Tem algum calmante que eu possa dar para ele para ajudar a acalma-lo?responda em meu e-mail por favor!!!!!!!

  2. Olá, Rejane!

    Em primeiro lugar, jamais medique seus animais sem a orientação de um médico veterinário.

    O caso de seu peludo não se resolverá com medicação e sim com mudança de comportamento (principalmente o seu).

    Caso haja muita dificuldade na readaptação comportamental, procure auxílio de um bom profissional terapeuta comportamental em sua cidade.

    A área de atendimento presencial da Ethos abrange São Paulo e Grande São Paulo.

    Qualquer dúvida, estamos à disposição!

    Um abraço e boa sorte!

    Helena Truksa e Equipe Ethos Animal

  3. adriano silva says:

    Olá Helena tenho um labrador de um ano , ele se chama max e tem me dado muito trabalho pois todas as pessoas que chegam em casa ele quer pular,ele não obedece nenhum outro comando a não ser senta e deita , quando contrariado ele morde, não sei o que fazer por favor me ajude.

  4. Olá, Adriano! Tudo bem?

    Seu cão precisa aprender a controlar a ansiedade de maneira adequada. E você pode ajudá-lo neste sentido!

    Dependendo de onde você mora, talvez possamos ajudá-lo através do agendamento de uma Consulta Comportamental. Qual o seu CEP?

    Aguardamos retorno!

    Att,

    Helena Truksa

  5. Ana Paula says:

    Olá,
    Não sei mais o que fazer para que meu schnauzer não fique tão triste quando está só. Ele tem 7 meses, late muito, chora e já recebi reclamações de vizinhos.
    Gostaria de saber se esse comportamento melhora com a idade? Li vários artigos, estou tentando seguir as dicas: fazer exercícios antes de sair, deixar petiscos, mas nada ate agora resolveu.
    o que faço?
    Moro em Recife e precisamos muito de ajuda.
    Obrigada,
    Ana Paula

  6. Mayumi says:

    Ola parabéns pelo seu post…tenho uma poodle que vai fazer 2 anos é linda mais muito ansiosa ,não tem nem como receber visita late muito ,tem medo de descer e subir escada ….tem atendimento em São José dos Campos …meu whatsapp 12991895639

  7. Leonardo Cunha Ribeiro says:

    Olá , me chamo Leonardo, eu e minha esposa temos uma cachorra ja a alguns anos conosco, e minha esposa com pena de uma pinscher que estava ficando abandonada na chacara do seu tio trouxe para a nossa casa, mas a pinscher é muito ansiosa, eu e minha esposa trabalhamos o dia todo, chegamos em casa a noite, e a nossa pinscher fica latindo o dia todo incomodando os vizinhos, faz buraco no quintal todo, quer destruir as coisas, barulho de água deixa ela agoniada latindo e correndo pra todo lado, mas o que mais no preocupa é a saúde dela, vejo que ela está tendo uma grande queda de pelo por conta disso tudo, estamos sem saber o que fazer, não queremos que ela fique sofrendo.

  8. Rafaela Vilche says:

    Olá Helena tudo bem ?
    Realmente espero que possa me ajudar, sou dona de um vira-lata de 8 meses chamado Loki, sou apaixonada pelo meu baby mas já não sei o que fazer preciso de ajuda, eu e meu marido estamos enfrentando muitos problemas com ele, primeiramente ao brincar ele pula desesperadamente em nós e nos morde, sem sinais de fúria, mas de maneira desesperada, se alguém vem até nossa casa ele simplesmente não para de pular na visita não importa o que a gente faça e se a pessoa for alguém que ele já conhece e convive, como por exemplo a minha mãe, a coisa só piora. Além disso desde de que chegou aqui em casa nós o acostumamos a fazer necessidades no banheiro e era algo habitual para ele, mas de uns tempos pra cá algumas vezes ele simplesmente faz xixi na nossa cama ou nos cômodos da casa (essa atitude as vezes é única ou persiste por mais umas 4 ou 5 vezes) e depois ele simplesmente volta a fazer no local correto. Além disso nos último mês ele vêm destruindo chinelos, raspando rejunte do piso, destruindo algumas plantas, quer ficar na nossa cama o tempo todo, e o pior de tudo é que ele se recusa a ficar sozinho ele grita desesperadamente quando saímos, essa atitude de chorar ao sairmos ele tinha quando menor, mas em volume e grau de desespero quase insignificante e nós achávamos que era devido a idade e que iria passar com o tempo, no entanto dificilmente ele ficava sozinho, pois como apenas meu marido estava trabalhando eu estava com ele praticamente o tempo todo e acredito que isso de alguma maneira contribuiu para o fato dele não querer ficar sozinho, os demais comportamentos que citei ele não tinha a princípio adquiriu gradativamente e nós achávamos que era coisa de filhote levado, mas vendo a fase de adolescência dele se aproximar e nada melhorar acredito que mesmo sem intenção negligenciamos nosso baby e comecei a pesquisar e acho que ele tem fortes indícios de ansiedade e SAS. Me ajude por favor !

  9. Rafaela, tudo bem?

    Entendo sua situação. Quando nossos filhos de patas ou penas apresentam sofrimento emocional é bastante difícil lidar com a angústia que isso provoca na família.

    Envie um e-mail para atendimento@ethosanimal.com.br solicitando detalhes sobre a Consulta Comportamental para Animais, que será de grande ajuda para vocês neste momento.

    Abraços,

    Helena Truksa

  10. Flavia says:

    Olá. Adotei uma sharpei c 8 meses e ela não tem controle sobre suas ações. Ela não consegue ficar sozinha, não pára de chorar quando saímos p trabalhar e ela não admite ser contrariada devido a tanta teimosia. Ela fica em um espaço enorme e cheia de brinquedos mas ela é parece estar completamente dependente a nós. Os vizinhos não param de reclamar e eu não sei mais o que fazer.

  11. Flavia says:

    Complementando, passeamos c ela todos os dias, ela possui seus petiscos diários e brinquedos e brincamos c ela todos os dias. Já se passaram 5 meses e ela não melhora. Não sei mais o que fazer.

  12. Ester says:

    Eu to muito preocupada desesperada já fiz de tudo e ela só piora, minha cachorra de 4 meses tem transtorno de ansiedade urina andando, bebe água as presas, engoli a comida muito rápido e não divide com o meu outro cachorro já comeu dois sapatos meus e um do meu marido, morde tudo que ver pela frente principalmente móveis, quando sai de carro fica andando no banco e vomita quando levo ela na rua ela sai correndo e depois vomita , e o mais desesperador foi ver ela atrás do meu outro cachorro esperando ele defecar e comer, ela come o coco dela o dele e de qualquer animal da rua preciso de ajuda to ficando doida pq não acho uma solução já insistir no não, em castigos, borrifei pimenta nas fezes mas ela come mesmo assim. Porfavor me ajudem.

  13. sandra sena says:

    Olá Bom dia,
    Tenho um lhasa apso macho de 1 ano ele fica o tempo todo passando a lingua nos dentes inferiores, sem parar como um toc,…. o barulho é desesperador,….. da impressão que ele tá sofrendo,…. como fazer, tem tratamento?!
    precisamos de ajuda. Moro em apto, levo ele pra passear 2 x ao dia,… ele ainda come alguns objetos,…morde o cobertor (como mesmo),…. para dormir e prendo ele na lavanderia porque ele come tudo inclusive móveis!!!

  14. Juliana says:

    Bom dia. Tenho uma golden que é um anjo, nunca deu trabalho, nunca destruiu nada, gente sai e ela espera dormindo. Fica ansiosa quando fala em passear. É mimada da família, na casa da minha mãe ela tem brinquedos, petiscos etc… Mas a 10 dias ela começou com uma ofegação, e nao para. Já fui a três veterinários, exames de sangue estao com alteração no figado, mas ela antes estava tomando remédio para inflamação na glandua anal e isso pode ter alterado o figado. Fiz raio x, ultrassom e diversos exames de sangue. Os médicos acham que é comportamental porque ela está bem, come bem, age normal, mas fica o tempo todo com a respiração muito acelerada. Eu não sei mais o que fazer. Socorro, por favor!

  15. Ethos Animal says:

    Olá, Juliana!

    Se os veterinários realmente excluíram causas clínicas, então pode ser mesmo comportamental-emocional.

    Não temos como avaliar o caso apenas com estas informações, então recomendamos uma Consulta Comportamental, que pode ser presencial ou via Skype, de acordo com sua localidade.

    Caso tenha interesse em agendar uma Consulta Comportamental para Cães, entre em contato através do e-mail atendimento@ethosanimal.com.br solicitando mais informações.

    Quem realiza a Consulta é a Bióloga Especialista em Comportamento Animal, Helena Truksa. Confira o currículo dela clicando no link a seguir: http://ethosanimal.com.br/especialista-em-comportamento-animal-helena-truksa/

  16. Ethos Animal says:

    Oi, Sandra!

    Já levou seu cão a um veterinário antes de mais nada? Se ele não estiver com dor de dente, ou outra questão clínica, podemos agendar uma Consulta Comportamental para avaliar melhor o caso e ajudá-la a melhorar o comportamento dele.

  17. Tatiana says:

    Olá tenho uma Lhasa que vai fazer 10 anos, ela é bem tranquila quando estamos em casa, mas quando saímos ela destrói o tapete higiênico e espalha pela casa toda, arranha a porta e baba bastante.
    Quando saímos não nos despedimos dela e nem fazemos festa quando chegamos. Nao sabemos mais o que fazer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *